O brasileiro que está fazendo sucesso em Hollywood, Gui Pereira…

imagem_release_1056416

 

 

Gui Pereira nasceu no Brasil, onde o gênero sertanejo tem uma grande força na música e na história em geral. Mas o diretor, produtor e roteirista decidiu seguir outra trilha e se embrenhou no cinema norte-americano.

Com uma carreira já vasta, que inclui longas e curtas metragens, documentários e videoclipes, Gui teve sua formação nos EUA, onde vem se destacado por trás das câmeras.

Um dos curtas de maior destaque do cineasta é ‘The Adventures of Sheriff Kid McLain’, de 2013. “É um faroeste voltado para a família e tem no elenco o ator Joe Stevens, que atuou em vários filmes faroeste, como ‘8 Segundos’ e ‘Bravura Indômita’ [indicado a 10 Oscars em 2011]”, explicou ele.

O trabalho, inclusive, lhe rendeu muitos elogios, inclusive da crítica. “The Adventures of Sheriff Kid McLain” ganhou mais de 15 prêmios no mundo todo, incluindo um prêmio em Bollywood [a meca do cinema indiano], e foi selecionados para inúmeros festivais, como Comic-Con International Independent Film Festival [que acontece na famosa feira Comic Con de San Diego, na Califórnia]”, completou Gui.

Em 2014, outro curta-metragem também chamou a atenção sob o comando de Gui, que dirige e co-assina o roteiro com Lara Horton: ‘Pizza me Mafia’, estrelado por Tom Cavalcante. Premiado em festivais do cinema independente, o trabalho mostra o humorista atuando em inglês em três diferentes papéis. Mais uma vez, o resultado agradou e foi destaque no Oregon International Film Festival e no Worldfest Houston Film Festival.

Mas não só o faroeste permeia a carreira de Gui, que também dirigiu os curtas de terror ‘Passage 379′ e ’31 Dias de Horror’. Mais uma vez, sucesso com a crítica especializada: ‘Passage 379′ levou o prêmio de Melhor Curta e Melhor Trilha Sonora no Los Angeles Horror Competition, enquanto ’31 Dias de Horror’ conquistou uma indicação ao Rio Webfest.

E para quem acha que Gui para por aí, se engana! Ele também já mostrou talento mais do que suficiente para a direção de videoclipes musicais, com duplas como Chitãozinho e Xororó (‘Coisa de Amigo’, em 2010), Tonny & Cleber (‘Carai’, de 2016), e Mayck e Julio Cesar (‘Quero Ter Você Aqui’, lançado em 2014), além das bandas Across Coves (‘Don’t Leave Me Lonely’, 2013), Punchline e Mr. T Experience.

Com o ator e cantor brasileiro Guile Branco, foram mais três parcerias importantes: os clipes das músicas ‘My Love Remains’ e ‘Holy Girl’, ambos de 2015, e ‘So Far’, que saiu do forno em 2016.
“Um trabalho legal também foi ter participado da produção do show do cantor americano de country Garth Brooks quando ele veio ao Brasil em 2015 cantar na Festa do Peão de Barretos, aonde toda a arrecadação do show foi doada ao Hospital do Câncer”, explicou Gui, orgulhoso da iniciativa e, claro, de mais um projeto em sua carreira.

Mais informações em seu IMDb: http://www.imdb.com/name/nm4183245/

Colaboração de Estrela Comunicação